• +55 12 99200-5000
  • vicente@valecoach.com
  • São José dos Campos - SP
  • Notícias

    Coaching de relacionamento

    Muitas pessoas têm o sonho de encontrar a sua outra “metade”, formar uma família e ter alguém com quem compartilhar a vida até a velhice.

    Esse sonho parece cada vez mais difícil na dinâmica dos dias atuais, pois a correria do dia a dia, somada ao individualismo crescente das pessoas, tornam muitas vezes os planos a dois incompatíveis.

    Outras atitudes que podem prejudicar muito o bom andamento de um relacionamento é guardar rancores, traumas e frustrações, o que acaba resultando em brigas frequentes e enfraquecimento da conexão entre o casal.

    Por conta dessa forma errada de lidar com os próprios sentimentos, muitos relacionamentos terminam por motivos sem gravidade, o que poderia ser evitado através de um processo de coaching de relacionamento. Esse método ajuda a lidar com as diferenças e, sobretudo, com os próprios sentimentos em relação a si mesmo e ao parceiro ou parceira.

    Neste artigo, falaremos sobre o coaching de relacionamento e como ele pode auxiliar na melhora do convívio amoroso ou na busca por uma relação saudável e duradoura.

    O que é coaching de relacionamento?

    O processo de coaching de relacionamento é um método baseado em perguntas, que levará os coachees (clientes atendidos) do seu estado atual para o seu estado desejado, ou seja, promoverá a transformação de atitudes tóxicas no relacionamento para comportamentos favoráveis para uma relação mais forte.

    Esse tipo de coaching é destinado para pessoas que estejam buscando um parceiro e para aquelas que já têm um companheiro, mas que querem melhorar a qualidade do relacionamento.

    O processo também pode ser feito por quem tem um relacionamento recente, um namoro ou relação estável e até mesmo para solteiros que têm objetivos relacionados à vida amorosa.

    A aplicação das sessões pode ser feita por um life coach ou, então, por coaches especialistas em coaching de relacionamento. Há, ainda, profissionais que atendem somente casais ou apenas homens ou mulheres, dependendo do seu foco profissional e expertise.

    Obter a ajuda de um profissional, no caso, de um coach, é essencial quando se tem dificuldades para manter relacionamentos longos ou se enfrenta problemas interpessoais e não se sabe como interpretá-los ou resolvê-los.

    No processo de coaching de relacionamento nem sempre é trabalhada a relação em si, em algumas situações, o estado desejado do coachee pode ser a mudança de um comportamento seu que reflete nos relacionamentos, como a timidez excessiva, os ciúmes ou a insegurança.

    Como funciona o coaching de relacionamento?

    Na primeira sessão ou primeiro contato, haverá uma conversa entre o coach e o coachee para que seja avaliado qual é o principal objetivo com o coaching de relacionamento e para que o cliente entenda um pouco mais sobre o que é o coaching e como o processo vai funcionar.

    Depois dessa consulta inicial serão definidas quantas sessões serão necessárias para atingir o objetivo, geralmente, o indicado são 10 sessões, para que o coach possa aplicar todas as ferramentas necessárias para o desenvolvimento do coachee e também para que ele tenha tempo hábil para cumprir suas metas ao longo do processo.

    Cada sessão tem a duração de uma hora e deve ser feita semanalmente, porque esse período é necessário para que o cliente absorva tudo o que foi conversado durante o encontro com o seu coach. Além disso, esse tempo serve para que o coachee possa cumprir as tarefas definidas ao final das sessões.

    O coaching de relacionamento pode ser aplicado somente para uma pessoa ou para casais, com a participação dos dois juntos nas sessões, ou em etapas separadas, um de cada vez, dependendo da situação de cada casal e do seu objetivo.

    O que o coaching de relacionamento não é?

    Quando se fala em melhorar um relacionamento ou em mudar atitudes para conquistar  alguém, geralmente se pensa em pedir conselhos amorosos para um profissional ou até mesmo para pessoas próximas.

    Mas, no caso do processo de coaching de relacionamento, a dinâmica é diferente. O coach conduzirá as sessões com o seu coachee fazendo as perguntas contidas na ferramenta de coaching escolhida em cada encontro.

    Essas perguntas têm como objetivo fazer com o coachee faça uma leitura clara da sua situação, das suas qualidades e também das características que deve melhorar em relação ao seu relacionamento ou na busca por um envolvimento amoroso.

    O coach não deve influenciar qualquer decisão do seu cliente, nem oferecer aconselhamento, consultoria, mentoria ou qualquer metologia de orientação, apresentação de soluções ou de esclarecimento de dúvidas.

    O coaching de relacionamento não deve, então, ser confundido com aconselhamento amoroso, como muitos acreditam funcionar o processo.

    Mas, isso não é uma regra absoluta, desde que seja acordado previamente com o cliente, o coach poderá, dentro das suas competências, incorporar outras metodologias durante as sessões, principalmente a mentoria, ou mentoring.

    O coaching com mentoring para relacionamento é trabalhado com a aplicação das ferramentas de coaching para ajudar o coachee a atingir o seu estado desejado. Mas, em alguns momentos, o coach poderá guiar o seu cliente de forma a sugerir que ele mude o seu comportamento dentro do contexto apresentado por ele.

    É importante que, antes de começar o processo, o coach deixe claro o seu estilo de trabalho e informe se poderá incluir ou não alguma modalidade diferente do coaching durante o processo.

    Caso seja feito o coaching de relacionamento puro, tradicional, 100% coaching, é preciso que o coachee evite fazer perguntas sobre a opinião do coach, bem como desabafos sobre relações passadas ou relatos extensos sobre algum fato ocorrido.

    O ideal é que se deixe o coach conduzir o processo, fazendo uso das ferramentas de coaching escolhidas por ele, que saberá quais serão as melhores para o estado desejado de cada cliente. Dessa forma, o coachee terá um melhor aproveitamento do coaching de relacionamento, sem desvio do objetivo final.

    Benefícios do coaching de relacionamento

    Para que possamos conquistar alguém, iniciar, construir e manter um relacionamento, é preciso que estejamos bem com nós mesmos, preparados e conscientes das nossas expectativas e desejos.

    As ferramentas de coaching de relacionamento proporcionam um autoconhecimento melhor do coachee, que entenderá quais são os seus pontos fortes e fracos no seu relacionamento ou na sua atitude em buscar alguém para uma relação amorosa.

    Esses pontos fracos podem ser desde dificuldade em se comunicar ou estabelecer conexão com o outro até ciúme excessivo. É muito comum, também, que pessoas procurem o coaching de relacionamento para reduzir timidez ou por conta de dificuldades em expressar sentimentos.

    O desenvolvimento pessoal do coachee também é muito trabalhado durantes as sessões e não somente o andamento da relação do casal, porque um relacionamento saudável começa quando os dois lados estão motivados e dispostos a construir algo duradouro. O coachee será sempre estimulado a fazer a sua parte na relação.

    Outro grande benefício do coaching de relacionamento é o aumento da capacidade do coachee em estabelecer uma conexão forte entre as duas partes da relação.

    Não importa o objetivo específico desse coachee, qualquer estado desejado em um relacionamento sério deve passar pelo aumento da ligação e da cumplicidade entre o casal. E isso é trabalhado ao longo das sessões e nas tarefas semanais do coachee.

    O coach terá um papel fundamental na manutenção da motivação do seu coachee, que terá mais força e determinação para enfrentar os conflitos naturais de qualquer tipo de relacionamento. A forma com que o profissional faz as perguntas certas e interage com o seu cliente faz com que ele se sinta acolhido, com mais ânimo e esperanças para melhorar seu relacionamento amoroso e alcançar o seu objetivo.

     

    Leave a comment